Trapiches da Ilha do Mel passarão por reformas, impulsionando turismo na região.

O ponto turístico cartão de visitas do Paraná no mundo

 

O site oficial da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), noticiou que a Ilha do Mel, ganhará novos atrativos em seus acessos. A Ilha é o segundo lugar mais visitado do Paraná, sendo conhecida pelo mundo todo.

Durante esta semana, moradores da localidade, participaram de consultas púbicas, promovidas pela Appa, para discutir sobre os projetos conceituais de reformas dos trapiches.

Dois deles devem passar por reformas, ugruta ilha do melm cada lado da ilha. E outras comunidades do litoral paranaense também receberão reformas e melhorias nesta questão. A intenção é aumentar o turismo nestas regiões, promovendo um atendimento melhor para os turistas. O que consequentemente gera renda para os nativos. Também serão enquadrados, nos padrões universais de segurança, deixando a própria população mais segura.

“Esta é uma proposta inédita para as ilhas que estão no entorno da área portuária. Esperamos contribuir com o turismo local de maneira sustentável e, consequentemente, com as atividades econômicas das comunidades locais”, comentou o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino. Haverá a participação popular em todas as etapas. A intenção é que as necessidades dos moradores, e interesses das comunidades sejam atendidas. Por esta razão sempre serão consultados.

“Esse momento de aproximação com as comunidades é muito importante, porque os moradores são os que mais conhecem sobre a realidade de seu dia a dia e, por isso, podem contribuir muito na definição das medidas”, comentou o representante do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) Paulo Nogueira, que é gerente das unidades de conservação da Ilha do Mel.

João Lino é morador da Ilha há 18 anos e participou da reunião inicial. Ele disse que mais de 90% das atividades econômicas da ilha são voltadas ao turismo e o trapiche é o cartão de visita para os turistas. “Nós achamos que é fundamental essa participação da comunidade no processo e desejamos que isso se reproduza em vários momentos, na relação que nós temos com os órgãos institucionais”, disse.

Com as melhorias todos serão beneficiados. A previsão de inicios das obras, depois de todos os processos legais de aprovação, é no próximo ano.

ANUNCIE JÁ